12h00 às 14h00 Papo Legal

17/02/2017

Jornal é condenado a indenizar Zezé por dizer que ele era pai de atriz

o Superior Tribunal de Justiça anunciou no Twitter que o cantor deveria ser indenizado em R$ 25 mil

Compartilhe

Uma informação divulgada em 2010 promete reacender a briga entre Leo Dias e Zezé Di Camargo. O jornalista divulgou nota há 7 anos, dizendo que o cantor era pai de Mariana Kupfer e a justiça veio cobrar a afirmação.

Pela nota tida como falsa, Zezé pediu indenização de R$ 800 mil por danos morais. O jornal Extra, casa de Dias na época, recorreu e o caso chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta quinta (16), o Superior Tribunal de Justiça anunciou no Twitter que o cantor deveria ser indenizado em R$ 25 mil, dando vitória a Zezé, porém com um valor muito abaixo do que ele havia pedido.

"Jornal Extra deverá pagar indenização de R$ 25 mil ao cantor Zezé Di Camargo, por dano moral, devido à veiculação de nota, em 2010", dizia o tuíte.

Zezé Di Camargo

© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

BY MEDIAPLUS